domingo, 3 de julho de 2011

Capas de discos polêmicas que foram censuradas

Ao longo dos anos várias capas de discos foram censuradas e por isso tiveram que ser substituídas. Algumas foram censuradas apenas em alguns países, ou em um determinado tempo. Outras jamais voltaram a ser utilizadas. Confira aqui uma seleção com algumas das mais famosas capas censuradas:


The Beatles - Yesterday and Today. Lançado em 1966, o disco tinha uma imagem do quarteto com roupas de açougueiro, com cabeças de bonecas e pedaços de carne. Apesar do sucesso das músicas, a capa foi muito criticada, e por isso substituída. Hoje existem poucos exemplares com a capa original, que para os colecionadores se tornaram muito valiosos. Recentemente em um leilão, um dos exemplares com a capa original foi vendido por 38.500 dólares.


Jimi Hendrix - Electric Ladyland. Um dos melhores álbuns da história, tinha como capa original uma fotografia de um grupo de belas mulheres nuas. Recusada pela gravadora, a capa acabou sendo substituída por uma foto da cabeça de Hendrix.


Rolling Stones - Beggars Banquet. Lançado em 1968, o álbum trazia como capa uma fotografia de um banheiro sujo e repleto de pichações. As gravadoras fizeram a banda adiar o lançamento do álbum, que foi lançado com uma nova capa. Com a substituição dos discos de vinil pelos CDs, a capa original voltou a ser utilizada.


Roxy Music - Country Life. O disco trazia na capa as modelos Constanze Karoli e Eveline Grunwald seminuas. Em alguns países (como EUA, Espanha e Holanda) isso foi motivo para censura. A capa então foi substituída por outra em que as modelos não apareciam.


Guns N' Roses - Appetite for Destruction. A capa que mostra uma mulher estuprada por um robô causou polêmica em alguns países. Nos EUA, país de origem do Guns n’ Roses, a capa foi substituída na época do lançamento pelo logo da banda.


Black Crowes – Amorica. A foto original exibia o corpo de uma mulher com um biquíni da bandeira americana. Os discos foram recolhidas das lojas após muitas reclamações, e a capa foi substituída.


Blind Faith - Blind Faith. O primeiro trabalho do grupo de Eric Clapton, Steve Winwood e Ginger Baker mostra na capa uma garota nua segurando um avião. O disco foi censurada na época do lançamento, causando o recolhimento dos álbuns. O fotografo alega que a menina foi fotografada com autorização dos pais, e com isso a exibição da mesma é legal. Hoje os CDs são vendidos com esta capa.


Moby Grape - Moby Grape. A capa do primeiro disco do Moby Grape foi censurada logo após seu lançamento, devido à imagem do baterista Don Stevenson mostrando o dedo do meio. Hoje em dia a capa está sendo usada novamente.


John Lennon e Yoko Ono - Two Virgins. A arte original foi logo censurada devido a imagem do casal nu. A partir daí o álbum foi lançado tampando a imagem original abaixo dos ombros.


Scorpions - Virgin Killer. Em 1976 os alemães do Scorpions lançaram o álbum virgin killer. Na Alemanha, o disco foi lançado sem maiores problemas. Já nos EUA foi acusado de pornografia infantil, e a capa foi substituída por uma foto do grupo. No Brasil, o álbum foi lançado com um corpo feminino e um escorpião.


Brujeria – Matando Gueros. A capa do álbum da banda Mexicana mostra uma cabeça com ferimentos sendo exposta. Algumas lojas do México e dos EUA não aceitaram o disco, que teve a capa coberta por uma imagem preta.


Katy Perry – One of the boys. Recentemente a capa do álbum foi censurada na Arábia Saudita, por mostrar as pernas e braços da cantora, o que não é permitido para mulheres no país. Assim foi criada uma capa em que os braços e pernas foram tampados.


Gal Costa – Índia. Lançado em 1972 o disco teve sua capa censurada no Brasil, por ser considerado muito explícito para ficar nas prateleiras. A solução foi manter a capa, porem vender o disco dentro de um plástico azul.



15 comentários:

  1. Acho besteira censurar as capas. Poxa, o que tem de errado? Muitas vezes é na capa que o artista mostra o seu modo de pensar, ou ... o seu modo de enxergar a sociedade, ou enfim. Muitas eu não conhecia, como por exemplo a dos Beatles. E essa da Gal Costa eu fiquei boba; hoje em dia, tem tanta porcaria nas prateleiras ... e só por causa dessa foto foi censurada ... vai entender né ?

    ResponderExcluir
  2. Ah Black Crowes – Amorica era a melhor. Maldita censura!

    Deviam pensar duas vezes antes de censurar as capas, muita vezes a censura de uma capa está ligada só a imagem sem a conotação do contexto que ali representa!

    Ahzura's Blog

    ResponderExcluir
  3. Ótima postagem !

    Trabalhe em casa com seu computador divulgando serviços

    Trabalhe em casa único e verdadeiro, acima de 18 anos, ambos sexos, sem experiência, trabalhe divulgando serviços da empresa , ganhos iniciais de até R$ 800,00 por produção + benefícios, damos auxílio total para o seu crescimento. Única empresa nacional no ramo a mais de 12 anos. Acesse http://www.frpromotora.com/4458693 e conheça nosso sistema

    ResponderExcluir
  4. Ps.: Nossa mas sobre o CD da Katy eu realmente não sabia, mas qual seria a censura?!


    Ahzura's Blog

    ResponderExcluir
  5. VÁ A JORNAL DO AMEIXIAL OU ATRAVÉS DA URL http://wwwjornaldoameixial,blogspot.com E LEIA.
    FICARÁ PASMO,PORQUE AINDA NÃO LEU NADA ASSIM!.

    ResponderExcluir
  6. eu achei que foi bom ter censurado...
    Tudo tem limite...ainda colocar criança nua na capa.
    Robô estuprando mulher...
    Tantas ideias legais que podiam colocar no Cd que demonstrasse o que eles sentem, pensam ,eu lá quero ver John Lennon e Yoko Ono pelados .
    Ser artista é legal mais tudo tem limite o unica censura boba e foi a de katy Perry,o resto pode jogar fora as capas.

    ResponderExcluir
  7. Concordo com a Juliana. Achei bobeira também censurar a do baterista, mas de resto, tinha capas com muito mal gosto. O público que defende é geralmente aquele que engole tudo que o artista empurra como se fosse o máximo, de vanguarda, etc. Quando não passa de mal gosto estampado.

    Porra, mostrar uma menina pelada com uma rachadura perto do genital em um álbum chamado "assassino de virgens" é arte? VTNC.

    ResponderExcluir
  8. Puxa, super interessante essa matéria.
    A último disco, o da Gal Costa eu já vi em uma loja...bom, achei um apelativo.Enfim, concordo com muitas destas censuras. Robô estuprando mulher, criança nua...muita coisa que não tem nenhuma coerência e pode até ofender os fãs.
    http://www.claudiaalvesinteriores.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo post

    Conheça o novo agregador de links www.surpriselink.com/Inicial em dois idiomas (português e inglês), para atrair visitantes nacionais e internacionais, nele você pode enviar links com imagem e sem imagem, enviar links com liberação imediata, widgets customizados para seu site/blog e o novo sistema de mensagens e amigos para você convidar outros blogueiros a visitarem seu blog.


    Lembre-se quanto mais links você tiver na net, mais facil os buscadores acharão seu site/blog.
    Liberação de link imediata é bem melhor que ficar esperando não é? Então faça uma visita agora mesmo...

    ResponderExcluir
  10. Tem uma capa do Lynyrd Skynyrd que foi proibida também, a capa mostrava os integrantes da banda e algumas chamas próximas a eles, como se estivessem queimando, pouco depois de lançado o album, parte da banda morreu em um acidente de avião...

    ResponderExcluir
  11. Interessante...A do Beatles é conhecia e sempre achei muto escrota e bem forte. Concordo com algumas sensuras. Tudo tem limite, e algumas coisas são bizarras e apelativas demais.

    ResponderExcluir
  12. O que deveria ser censurado é alguém que escreve "sensura"!!! Tudo tem limite mesmo!!!

    ResponderExcluir
  13. Achei que existisse algo chamado "liberdade de expressão". Mas eu só achei mesmo, porque pelo visto, não existe.

    ResponderExcluir